A Gestão 2021-2024 do Conselho Regional de Nutricionistas da Décima Região (CRN-10) fez o lançamento do Manual  Orientativo para Nutricionistas atuantes em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) durante o evento realizado na última quarta-feira (28/9) com os profissionais da área (leia matéria aqui).

A presidente do CRN-10, Vânia Passero, agradeceu todos os envolvidos na elaboração desta publicação que está disponível virtualmente aqui no site junto com materiais complementares para colaborar com a atuação dos nutricionistas dentro de uma ILPI. Vânia ressaltou que foram necessárias muitas mãos com colaborações importantes até chegar o resultado final. A organização do Manual foi realizado por Gisleyne Vieira, secretária administrativa do CRN-10, e teve a participação das professoras Elisa de Espíndola e Gabriela Cristofoli Barni, que escreveram compartilharam seus conhecimentos e estudos ao escrever dois capítulos deste Manual.  A nutricionista Cristiane de Lima Faraco  disponibilizou fotos de seu acervo pessoal e materiais complementares para enriquecer a publicação e a nutricionista Fernanda Farias, Responsável Técnica na Casa Santa Maria dos Anjos, que providenciou autorização para uso da entidade e dos idosos internos como cenário e personagens das fotos produzidas por Gabriel Inácio Fernandes.

Além destas profissionais, a presidente do CRN-10 reiterou o papel da equipe de Fiscalização neste processo, pois foram as demandas vindas nas rotinas diárias de orientações aos profissionais que sentiu-se a necessidade de produzir esta publicação. O reconhecimento durante o evento foi dado à coordenadora de Fiscalização Laura Arantes Frischenbruder,  às nutricionistas fiscais Rafaela Bertuol, Priscilla Peres Emidio e Gabriela da Silva, e à coordenadora técnica Pietra Klein.

 

Na tarde de 28 de setembro, em Florianópolis, cerca de 50 nutricionistas estiveram reunidos no III Encontro para Nutricionistas Responsáveis Técnicos de Instituições de Longa Permanência do Idoso (ILPI). O evento foi realizado pelo Conselho Regional de Nutricionistas da Décima Região (CRN-10) em parceria com a 30ª Promotoria de Justiça da Comarca da Capital, que tem como uma das atribuições a defesa dos direitos dos idosos e realiza anualmente a fiscalização em ILPIs.  A presidente do CRN-10, Vânia Passero, esteve presente e fez a abertura do evento junto com a nutricionista Aderley Serenita Sartori da Silva, da equipe do promotor de Justiça Daniel Paladino, e da nutricionista Ana Paula de Mello, 2ª Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, seção Santa Catarina. As conselheiras Juliana Franco, coordenadora da Comissão de Fiscalização, e Deise Maria Pacheco Gomes, coordenadora da Comissão de Ética, também integraram a mesa de honra.

O Encontro tem como objetivo aprimorar a atuação dos nutricionistas nestes locais, proporcionar atualização técnica sobre nutrição para idosos, valorizar a atuação, fornecer espaço para discussão em oficina e estratégias de ações em conjunto e ainda aproximar os nutricionistas que atuam nas ILPIs.

A presidente Vânia Passero fez o lançamento do Manual Orientativo para Nutricionistas atuantes em Instituições de Longa Permanência para Idosos, uma publicação virtual que está disponível aqui no site e que teve a colaboração de várias nutricionistas, atendendo as demandas levantadas pelo setor de Fiscalização do CRN-10 (leia matéria sobre o Manual). A presidente ressaltou o crescimento no número de idosos e destacou que em Santa Catarina há 230 ILPIs cadastradas no CRN-10 com responsáveis técnicos na área. A nutricionista Ana Paula de Mello corroborou os dados, enfatizando a importância das parcerias para aprimorar ainda mais os serviços, ampliar as possibilidades de trabalho na área de Nutrição e oferecer capacitação aos profissionais.

Em seguida, a palestrante Elisa de Espíndola fez uma apresentação sobre a atuação do profissional nutricionista na ILPI, iniciando pela contextualização da saúde dessa faixa etária, as necessidades que precisam ser atendidas até chegar no dia a dia das rotinas que precisam ser implementadas. Nutricionista  com pós-graduação em Nutrição Clínica e Metabolismo pela Universidade Estácio de Sá,  e em Materno-Infantil pela IBem e Curso de Extensão no Child Behavior Institute of Miami em Seletividade Alimentar, Elisa de Espíndola é coordenadora e Professora do Curso de Nutrição Estácio de Sá Santa Catarina e tem experiência prática de 8 anos em ILPIs no atendimento dos institucionalizados com a recuperação e manutenção do peso e também com dietas enterais.

Depois os participantes puderam ouvir a Coordenadora Técnica do CRN-10, Pietra Klein, que abordou “Código de Ética, Atribuições e Responsabilidade Técnica”. Ela mostrou alguns destaques sobre a conduta do nutricionista neste tipo de atuação e, com a experiência de Nutricionista Fiscal do CRN-10, lembrou da parceria com o Ministério Público para exigir a presença dos nutricionistas nestas instituições.

Por último foi realizada uma Oficina sobre assistência nutricional do idoso com o estudo de três casos clinicos: desnutrição, disfagia e sarcopenia. Os participantes foram divididos em grupos e depois de debater um caso, apresentaram ao público suas indicações.

 

Durante dois dias – 23 e 24 de setembro – os conselheiros e os funcionários do Conselho Regional de Nutricionistas da Décima Região (CRN-10) estiveram reunidos numa espécie de imersão para  revisar as ações e traçar as estratégias que irão nortear as atividades da instituição, considerando seu papel perante à sociedade e a legislação que rege a atuação da autarquia. O Seminário teve a coordenação da presidente do CRN-10, Vânia Passero, e do vice-presidente Paulo Luiz Viteritte, que destacaram a importância deste processo participativo.

O Planejamento Estratégico do CRN-10 começou a ser construído em reuniões na sede do CRN-10 e teve sequência neste Seminário, sempre com a consultoria da empresa Bridge 101. “Nosso objetivo é aprimorar os procedimentos diários, pois desejamos que isso possa refletir em melhor atendimento aos nutricionistas, assim como queremos aperfeiçoar nossas funções para cumprir com excelência nosso papel em defesa da sociedade”, disse a presidente Vânia Passero.

Na sexta-feira (23) foram iniciados os trabalhos com um levantamento das informações atuais e depois os grupos foram divididos para discutir as principais atividades: registro, fiscalização, capacitação, valorização e ética. As ideias foram compiladas e discutidas entre todos. No dia seguinte, sábado (24), o consultor Henrique Otte fez uma palestra sobre inovação e processos e na sequência alinhou todas as informações levantadas para construir com os participantes a nova Missão, Visão e Valores do CRN-10. Os próximos passos serão alinhados entre os consultores e a gestão para consolidar as mudanças e as melhorias nos processos.

 

Faltam poucos dias para levar as crianças até 5 anos para tomar a dose da vacina contra a Poliomelite. Avise os vizinhos, os amigos e ajude a garantir a cobertura vacinal que eliminou essa doença no Brasil em 1994.

O Ministério da Saúde manteve até o próximo dia 30 de setembro a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação de 2022. A ampliação do prazo, que terminaria dia 6 de setembro, teve o objetivo de aumentar as coberturas vacinais e a adesão da população a vacinação. Até o momento, 35% das crianças na faixa etária de 1 a menores de 5 anos de idade foram imunizadas contra a poliomielite e cerca de 4 milhões de doses foram aplicadas desde o início da mobilização.

O objetivo da campanha é alcançar cobertura vacinal igual ou maior que 95% para a vacina poliomielite neste público, além de reduzir o número de não vacinados de crianças e adolescentes menores de 15 anos e aumentar as coberturas vacinais, conforme o Calendário Nacional de Vacinação.

Para a campanha contra a poliomielite, o grupo-alvo são as mais de 14,3 milhões de crianças menores de cinco anos de idade, sendo que as crianças menores de 1 ano deverão ser imunizadas conforme a situação vacinal para o esquema primário. As crianças de 1 a 4 anos deverão tomar uma dose da Vacina Oral Poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido as três doses de Vacina Inativada Poliomielite (VIP) do esquema básico.

O Programa Nacional de Imunizações (PNI) alerta sobre a importância e o benefício da vacinação, para evitar a reintrodução do vírus da poliomielite, uma vez que o Brasil recebeu o certificado de eliminação da doença em 1994.

Multivacinação

Para a campanha de multivacinação as vacinas disponíveis são: Hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), Febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, Rubéola, Caxumba), Tetraviral (Sarampo, Rubéola, Caxumba, Varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

Estarão disponíveis para os adolescentes, as vacinas HPV, dT (dupla adulto), Febre amarela, Tríplice viral, Hepatite B, dTpa e Meningocócica ACWY (conjugada). Todos os imunizantes que integram o Programa Nacional de Imunizações (PNI) são seguros e estão aprovados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As campanhas de vacinação vão coincidir com a imunização contra a Covid-19 em andamento. As vacinas Covid-19 poderão ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional, na população a partir de três anos de idade.

A atualização da situação vacinal aumenta a proteção contra as doenças imunopreveníveis, evitando a ocorrência de surtos e hospitalizações, sequelas, tratamentos de reabilitação e óbitos. A mobilização nacional é uma estratégia adotada pelo Ministério da Saúde e realizada com sucesso desde 1980.

 

Fonte: Ministério da Saúde

Evento foi realizado na sede do CFN, em Brasília (DF), nos dias 19 e 20 de setembro

Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), sediado em Brasília (DF), recebeu, nos dias 19 e 20 de setembro, representantes das comissões de Tomada de Contas dos Conselhos Regionais de Nutricionistas que integram o Sistema CFN/CRN. O encontro foi aberto pelo presidente do CFN, o nutricionista Élido Bonomo, que destacou a importância do trabalho que vem sendo desenvolvido. Participaram do evento representando o CRN-10 a conselheira Roseli Eggert Nascimento, coordenadora da Comissão de Tomada de Contas, a coordenadora administrativa do CRN-10, Liliane Nieser, o supervisor financeiro  Yuri Gimenez Gonçalves e a contadora Juliana de Souza, da MCA Contabilidade, que atende a entidade.

O evento teve como objetivo, atender as demandas dos conselhos regionais, oriundas de um encontro virtual realizado no início do ano. O grupo também criou um manual de procedimentos operacionais padronizados para CTC. Também ocorreu a apresentação de uma nova resolução para tratar da elaboração de documentos de natureza contábil e financeira pelo Sistema CFN/CRN para fins orçamentários e de prestação de contas.

A coordenadora da Comissão de Tomada de Contas do CFN (CTC/CFN), a nutricionista Ivete Barbisan, avalia que o evento serviu para construir coletivamente ações futuras. “As comissões aguardavam este encontro, que há muito tempo não era realizado. Pretendemos realizar anualmente o encontro da CTC, pois esses momentos proporcionam trocas de experiências, conhecimentos e o surgimento de novas ideias entre o conselho federal e os regionais”.

Os participantes também acompanharam duas palestras. Uma sobre ‘Planejamento Estratégico e Clima Organizacional’ e outra sobre ‘A importância da prestação de contas dos Conselhos de Fiscalização Profissional’.

Estão abertas as inscrições do Edital de Residência Multiprofissional da Secretaria de Estado da Saúde (SES-SC), com vagas para Nutrição e outras áreas. No Hospital Governador Celso Ramos (HGCR) a área da Residência é para “Cuidado ao Paciente Neurológico e Neurocirúrgico”.
Confira mais informações sobre o Edital – CLIQUE AQUI
Os Programas de Residência Uni e Multiprofissional em Saúde buscam a integração entre trabalho e educação; a integração de diferentes profissões na equipe de saúde (campo e núcleo de saberes e práticas profissionais em articulação permanente); a integração entre ensino, serviço, controle social e gestão; bem como a integração dos campos das ciências
biológicas, humanas e sociais.

O VII Seminário Nacional de Ética do Sistema CFN/CRN reuniu conselheiros, colaboradores, assessores técnicos e coordenadores técnicos para estudar aprimoramentos processuais do setor. Realizado em Brasília (DF), entre 12 e 14 de setembro, o evento teve uma programação intensa. A presidente do CRN-10, Vânia Passero, a diretora secretária e coordenadora da Comissão de Ética do CRN-10, Deise Pacheco Gomes, e a coordenadora técnica, Pietra Klein, participaram das discussões e levaram questões importantes.


Os trabalhos desenvolvidos durante o Seminário serão refletidos diretamente na atuação do profissional, que estará sob uma normatização atualizada e padronizada em todos os regionais, para a análise das Comissões de Ética dos 11 CRNs. Um dos temas que permeou o evento foi a Resolução 705/2021, que entrou em vigor dia 1 de julho deste ano e institui o Código de Processamento Ético-Disciplinar de nutricionista e do técnico em Nutrição e dietética e dá outras providências.

Durante os dias 12, 13 e 14 de setembro, os coordenadores do setor de Fiscalização dos 11 Conselhos Regionais de Nutricionistas estiveram reunidos em Brasília (DF), na sede do Conselho Federal (CFN), para atualizar os procedimentos e aprimorar as rotinas fiscalizatórias, além de trocar experiências entre eles. A coordenadora do Conselho Regional de Nutricionistas da Décima Região (CRN-10), Laura Frischenbruder, participou do evento.

A conselheira federal Ivete Barbisan, coordenadora da Comissão de Fiscalização, coordenou as atividades que incluíram apresentação dos coordenadores e suas ações locais e a discussão sobre definir uma ação relacionada à Nutrição para apresentação nas Conferências de Saúde. A diretora-tesoureira Ana Jeanette Lopes de Haro também esteve presente e abordou a organização da X Jornada de Atualização Técnica de Fiscais.

Os participantes debateram assuntos que sempre estão na pauta e no dia a dia do setor, como exercício ilegal da profissão, teleconsulta, registro e cadastro de pessoas jurídicas, além de atualizar os procedimentos de acordo com as mudanças em algumas resoluções.

Para aprimorar a atuação e permitir novas discussões, o Conselho Regional de Nutricionistas da Décima Região (CRN-10) promoverá no próximo dia 28 de setembro (quarta-feira) o III Encontro para Nutricionistas Responsáveis Técnicos em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs). Organizado pela Comissão de Fiscalização, o evento tem como objetivos proporcionar atualização técnica sobre nutrição para idosos, valorizar a atuação dos nutricionistas nas ILPIs, fornecer espaço para discussão em oficina e estratégias de ações em conjunto, além de aproximar os nutricionistas que atuam nestas instituições.

O Encontro tem o apoio do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), por meio da Promotoria da Área da Cidadania e de Direitos Fundamentais, e ocorrerá no período vespertino, das 13h às 18h com uma dinâmica que vai contar com palestra, interação com os participantes e oficina. Ao final do evento será lançado o “Manual Orientativo para Nutricionsitas atuantes em Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI)” que traz informações importantes sobre a legislação e os cuidados específicos em relação à nutrição dos idosos.

O público-alvo são os nutricionistas Responsáveis Técnicos de ILPI, mas o evento é aberto aos interessados em se aprimorar no tema, sendo que as vagas são limitadas.

Inscrições devem ser feitas online – CLIQUE AQUI

SERVIÇO

PROGRAMAÇÃO

13h – Credenciamento
13h20 – Abertura com Vânia Passero – Presidente do CRN-10 e Dr. Daniel Paladino – Promotor do MP/SC
13h30 – Palestra com Elisa de Espíndola: Assistência Nutricional do Idoso
14h45 – Debate
15h – Apresentação CRN-10: Código de Ética e de Conduta do Nutricionista, atribuições e responsabilidade técnica
15h15 – Oficinas sobre a assistência nutricional do idoso
16h15 – Lançamento “Manual Orientativo para Nutricionsitas atuantes em Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI)”
17h30 – Coffee-break

 

Sobre a palestrante  – A palestrante Elisa de Espíndola é nutricionista graduada em Nutrição pela Universidade do Sul de Santa Catarina, pós-graduada em Nutrição Clínica e Metabolismo pela Universidade Estácio de Sá, pós-graduada em Materno-Infantil pela IBem e Curso de Extensão no Child Behavior Institute of Miami em Seletividade Alimentar. Coordenadora e Professora do Curso de Nutrição Estácio de Sá Santa Catarina. Experiência prática de 8 anos em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIS) no atendimento dos institucionalizados com a recuperação e manutenção do peso e também com dietas enterais. Atua também na área de Nutrição Clínica Pediátrica com ênfase em Transtorno do Espectro Autista (TEA), distúrbios, alergias e seletividade alimentar.